Logo.jpg
ECONOMIA

Santa Catarina: Exportações têm melhor resultado desde 2014

13 Maio 2019 09:45:43

De janeiro a abril, vendas ao mercado externo geraram um faturamento de US$ 2,74 bilhões ao Estado. Crescimento foi puxado pelo agronegócio

RCN/ADJORI

Segundo dados do Ministério da Economia, as exportações de Santa Catarina no primeiro quadrimestre registraram o melhor resultado dos últimos cinco anos. O faturamento no período foi de US$ 2,74 bilhões, 3,3% acima dos US$ 2,65 bilhões de 2018. O desempenho também foi melhor do que em 2017 (US$ 2,63 bi), 2016 (US$ 2,24 bi), e 2015 (US$ 2,55 bi). 

Com o resultado, o Estado atinge números semelhantes aos de 2014, quando registrou US$ 2,78 bilhões em vendas, e se aproxima do patamar de exportações do período considerado pré-crise. A alta foi puxada mais uma vez pelo agronegócio. O faturamento cresceu 24,8% no comércio de soja, 17,2% no mercado de suínos, e 15% no mercado de frangos. O bom desempenho do setor serviu para compensar a queda de outros produtos, como madeira, tabaco, e máquinas e equipamentos. 

"Hoje, os produtos catarinenses são capazes de competir em países extremamente exigentes como Estados Unidos e Japão, isso demonstra a qualidade dos alimentos produzidos no Estado e a competência dos nossos produtores rurais e agroindústrias", disse o secretário de Estado da Agricultura, Ricardo de Gouvêa.  

Outro fator foi o crescimento significativo registrado em abril. O faturamento foi de US$ 812,9 milhões, 11,1% maior do que o mês anterior, que atingiu US$ 731,2 milhões, e 17,3% superior a abril de 2018, que registrou US$ 692,6 milhões. O Estado foi na contramão do país, que encolheu o faturamento em 3% no período.  

"Os números positivos e evolutivos, o aumento na produção e o reconhecimento externo da excelência catarinense potencializam o crescimento econômico do Estado, trazendo estabilidade na renda, postos de trabalho e otimismo, tanto para quem investe como para quem adquire da indústria, gerando ciclos virtuosos de desenvolvimento," disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino.  

Segundo a presidente da Câmara de Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Maria Teresa Bustamante, o momento é propício para o crescimento. Entre os motivos estão o câmbio favorável e a disputa de mercado entre China e EUA que tem beneficiado o Brasil. 

"Outro sinal positivo é que as importações se mantêm em alta", diz. Para ela, isso significa que os empresários estão confiantes em uma retomada mais sólida, mas ainda vê dificuldade do setor em lidar com incertezas. 

"O desafio é tornar a exportação mais constante, que ele se mantenha procurando outros mercados. E não só pelo aumento da receita, mas também por conhecer os concorrentes e melhorar o seu produto, fazer parcerias, e encontrar novos nichos de vendas", completa.



Rua Paraná, 16 - Balneário - Piratuba - Santa Catarina

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados | Empresa Jornal Comunidade Ltda ME