Logo.jpg
EDUCAÇÃO ESPECIAL

Governo do Estado inicia repasse histórico de mais de R$ 100 milhões para a Educação Especial

Aline Buaes
Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O Governo do Estado deu início ao maior repasse financeiro na história da inclusão de Santa Catarina. Já são mais de R$ 100 milhões em projetos aprovados para instituições especializadas de todas as regiões, como Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes), Associações de Amigos do Autista (Amas) e Associações de Surdos, Deficientes Físicos e Visuais.

Somente na recente agenda de trabalho na Serra catarinense, o governador Carlos Moisés e a presidente da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), Janice Krasniak, autorizaram quase R$ 4 milhões em novos recursos para instituições de educação especial da região, que beneficiarão aproximadamente 800 educandos com deficiência.

"Investir em educação especial é contribuir para a inclusão, deixando nossa sociedade mais justa e igualitária. Para que as pessoas com deficiência tenham qualidade de aprendizagem e consequentemente qualidade de vida", afirmou o governador.

Eles anunciaram os protocolos de repasse financeiro de R$ 300 mil para ampliação da sede da Apae de São Joaquim, além de R$ 400 mil à Associação de Pais e Amigos dos Surdos (Apas) de Lages, R$ 50 mil para reforma da sede da Apae de Urupema e R$ 500 mil para a construção de um espaço de Equoterapia na Apae de Otacílio Costa. Na Apae de Lages, R$ 2,2 milhões vão permitir a reforma da sede da entidade e a compra de três veículos escolares adaptados que vão melhorar o conforto de 436 educandos e devolver o acesso à educação para 66 alunos.

Nesta quinta, 16, e sexta-feira, 17, no Norte e Planalto Norte do estado, o governador Carlos Moisés e a presidente da FCEE vão assinar o repasse de mais de R$ 5 milhões para 13 instituições de 9 municípios dessas regiões. O investimento beneficia cerca de 4 mil pessoas com deficiência. São recursos para construção, reforma, ampliação, sala sensorial, aquisição de mobiliário acessível, veículos adaptados, equipamentos tecnológicos, que vão propiciar integração social de crianças e adultos, autonomia, independência, dignidade e melhoria da qualidade de vida dos alunos com necessidades educacionais especiais, além da redução de filas de espera.

Os atos de governo acontecem em São Bento do Sul e em Rio Negrinho, nesta quinta, e em Joinville, na sexta. O ato de repasse a mais 11 entidades que aconteceria em Canoinhas, também nesta quinta, foi adiado em função da agenda do governador.


Reconhecimento das entidades

A presidente da FCEE, Janice Krasniak, explica que a estimativa é que até o fim do ano mais de 600 projetos de 250 instituições especializadas em todas as regiões recebam os recursos solicitados. "É um trabalho realizado a muitas mãos. Somente um governo que acredita no respeito e na dignidade que as pessoas com deficiência merecem, investe com qualidade e eficiência onde as necessidades são reais", concluiu.

Os presidentes e diretores das instituições especializadas compartilham da gratidão ao Governo do Estado. "Somos imensamente gratos ao governador Carlos Moisés pelos recursos destinados a nossa entidade. Ficará na história o que esse governo está fazendo por antigas reivindicações das entidades", afirmou a diretora da Apae de Itaiópolis, Cristiane Veiga.

Presidente da Apae de Papanduva, Maria Barabach afirma que o repasse de R$ 800 mil para ampliação da sede significa a realização de um sonho. "Nunca vamos esquecer essa ajuda, pois nossa Apae até então parecia esquecida. É um marco histórico para a família apaeana e só quem traz a marca de uma deficiência sabe o valor de uma estrutura acessível, ampla e bonita", destacou a presidente da entidade, que atende cerca de 90 educandos com deficiência.




Rua Paraná, 16 - Balneário - Piratuba - Santa Catarina

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados | Empresa Jornal Comunidade Ltda ME