Logo.jpg
ESTIAGEM

Estado garante recursos para amenizar perdas na agricultura

Investimentos foram anunciados durante reunião com prefeitos da Amauc

AsCom/ Redação
Foto: Rede social

Prefeitos da região da Amauc participaram, de forma virtual, de uma reunião com o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva. O encontro, que ocorreu no dia 06, debateu a situação da estiagem, que foi marcante em 2021 e segue preocupando autoridades neste ano.

O secretário anunciou novos investimentos para anunciar neste momento crítico. "Os produtores rurais contarão com um novo aporte de recursos para construção de sistemas de captação, armazenagem e uso de água. Vamos continuar investindo, serão mais R$ 100 milhões em 2022 para que o Programa SC Mais Solo e Água não pare e que mais produtores sejam beneficiados", prometeu. Silva ainda informou que existe a sinalização de mais de R$ 50 milhões da Assembleia Legislativa para reforçar ações.

Este será o segundo ano consecutivo em que o Governo repassa recursos para combater a estiagem. Em 2021, foram R$ 100 milhões, que beneficiaram mais de 2,4 mil agricultores e 100 municípios.


SC Mais Solo e Água

O programa destina linhas de apoio especiais para construção de sistemas de armazenagem e distribuição de água, com descontos que podem chegar a 75% do valor contratado.

Na linha "Água para Todos", os produtores terão acesso a até R$ 100 mil, sem juros e com prazo de cinco anos para pagamento. O recurso pode ser investido em captação, armazenagem, tratamento e distribuição de água.

Os beneficiários adimplentes terão uma subvenção de 50% no valor das parcelas, ou seja, o Governo do Estado pagará metade do financiamento.

As famílias em situação de vulnerabilidade social e de renda terão um apoio ainda maior. O limite será de R$ 20 mil, sem juros e com cinco anos de prazo, e o bônus chega a 75% em caso de pagamento das parcelas em dia.

Na linha "Cultivando Água e Protegendo o Solo", estão disponíveis financiamentos de até R$ 30 mil, sem juros e com cinco anos para pagar. O investimento pode ser usado para isolamento, proteção e recuperação de mata ciliar e nascentes e cobertura do solo.

Outro programa emergencial mantido pelo Estado é o "Reconstrói SC", que disponibiliza até R$ 10 mil para recuperação de sistemas produtivos. O pagamento em dia resulta em desconto de 50%. "Esse Programa pode ajudar nessa questão de custeio, para fazer a recomposição de pastagens e aquisição de sementes. É muito importante que os agricultores procurem os escritórios da Epagri, principalmente os produtores de leite, que tiveram prejuízos com as pastagens", explica o secretário adjunto da Agricultura, Ricardo Miotto.



Rua Paraná, 16 - Balneário - Piratuba - Santa Catarina

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados | Empresa Jornal Comunidade Ltda ME