Logo.jpg
TURISMO

Vereadora Gelci (Piratuba) pede atenção do setor público para crise do turismo e comércio no município

Geferson Schreiner
Foto: Rede social

Durante a sessão legislativa do dia 23 de março, a vereadora Gelci de Souza (MDB) fez uma abordagem da situação vivida pelo turismo e o comércio de Piratuba, duramente afetados pela pandemia do coronavírus. Segundo ela, em contatos com a Associação de Hotéis de Piratuba - AHP e a Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL, a situação é preocupante.

"Nos últimos dias intensifiquei as conversas com donos de hotéis, pousadas e comerciantes. Temos em nossa cidade hoje 766 CNPJs ativos, ou seja, empresas registradas. Dessas, boa parte vive em função do turismo. Alguns diretamente e outros prestando serviços. Temos ainda as empresas de fora que prestam serviços aqui. Todos relatam que a situação econômica está ficando fora de controle", registrou.

De acordo com Gelci, em 2020, muitas empresas conseguiram sobreviver, mas o agravamento da pandemia e a falta de apoio as atividades, reserva um 2021 cheio de dúvidas. "Sabemos que várias empresas, especialmente as ligadas ao turismo na região do balneário, investiram suas economias para conseguir sobreviver. Outros apelaram para empréstimos. A grande maioria na perspectiva de que a pandemia passasse logo, mas isso não aconteceu, infelizmente," continuou.

O desemprego e a falta de planejamento no setor turístico são duas preocupações da vereadora. "Eu me pergunto: quantas lojas vão sobreviver? Quanta gente desempregada teremos em nossa cidade? O que podemos fazer, pelo menos para amenizar a maior crise da história do turismo de Piratuba? Hoje não temos números concretos e nem planejamento para o momento e o pós crise. Precisamos, com urgência, trabalhar nisso. Os poderes legislativo e Executivo municipal precisam pensar ações e tomar atitude", concluiu.

A vereadora Mareci Stempcosqui (PL) também lamentou que hotéis da cidade estejam fechados e o alto valor dos alugueis. "A gente passa na região do balneário e vê hotéis fechados, sem perspectivas, lamentável. Conversei com o pessoal do setor e me disseram que até as reservas futuras diminuiriam consideravelmente. É preocupante. As contas chegam. Também quero registrar que o alto valor dos alugueis prejudica os comerciantes. Sei de casos que locadores até aumentaram o valor durante a pandemia, uma pena. Poderiam ter mantido, ter mais sensibilidade. Precisamos pensar em Piratuba. Se nada for feito, teremos problemas no setor futuramente", registrou.



Rua Paraná, 16 - Balneário - Piratuba - Santa Catarina

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados | Empresa Jornal Comunidade Ltda ME